Empresário

É game design, game developer e CEO da desenvolvedora indie.

Jornalista

É colunista de tecnologia da rádio Band News FM.

Professor

Professor de Jogos digitais e Design gráfico do Centro Universitário UDF.

Palestrante

Em eventos de comunicação, ate e tecnologia.

Artista Digital

Desenhista, animador, infografista, editor de imagem e game design.

quinta-feira, 29 de março de 2012

Dicas de segurança no Facebook

Você saiu correndo do trabalho e esqueceu seu Facebook aberto. E agora? Você volta para fechá-lo? Liga para um colega e pede para ele fazer o logoff? Calma, é possível encerrar a sessão da sua rede social remotamente.

Para isso, basta logar a sua conta do Facebook em outro computador e ir até a opção: página Inicial;



Click em configurações da conta;




Busque a opção segurança;




Click no item sessões ativas: Uma lista de todos os lugares onde você está logado no face.



Vá em editar e exclua as sessões que você deseja fechar.

Pronto, suas informações pessoais estão protegidas.

segunda-feira, 26 de março de 2012

Criticas de Mark Zuckemberg aos brasileiros na web é falsa


Uma materia circula pela web e afirma que o fundador do Facebook Mark Zuckemberg teria dito em entrevista a CNN que os brasileiros estariam estragando a rede social criada por ele. Na realidade, o texto é falso, e foi publicado inicialmente no G17, um site de humor que alerta que as notícias ali publicadas não podem ser levadas a sério. O Facebook subiu no Brasil de 8 milhões de usuarios em 2010 para 35 milhões no final de 2011. Um aumento de quase 300%. Não seria uma atitude muito sensata por parte de Mark, que ganha fortunas com o mercado do Brasileiro, fazer tal comentário.

domingo, 25 de março de 2012

Digital Paint


Desenhado diretamente na tablet e pintado no Photoshop.
Essa é uma técnica de pintura digital que gosto muito.
Pode ser que venha um quadrinho nesse estilo em breve!

sábado, 10 de março de 2012

Zumbies invadem a UDF



Meu filho, eu pago a faculdade para você ser zumbie?

Calma pessoal, isso é arte, não só de programação vivem os criadores de videogames!
A turma de Projeto Integrador II do curso de Jogos Digitais da UDF esbanjou criatividade nos figurinos para o próximo jogo da classe.

Além, disso, todo nerd ama zumbie, não é?

Ah, já ia esquecendo, filmes de zumbies arrecadam muitos milhões de dolares, pode ser que seu filho faça sucesso comendo cérebros no cinema ou nos games!


domingo, 4 de março de 2012

Elefantes e videogames não nascem em árvores.

-Olá, tudo bem? Como você se chama?
-Olá, estou ótimo. Sou Alex Leal.
-Hummm, o que você faz?
-Sou professor de jogos digitais na faculdade UDF.
-Jogos Digitais?... hummm...e o que você ensina nesse curso?
- A criar elefantes!

Como diz meu aluno Pablo Machado, "as pessoas pensam que jogos de videogame nascem em árvores". Não nascem. Existem profissionais que desenvolvem os jogos eletrônicos, essa é uma profissão promissora que possui um mercado em franca expansão.

O que se ensina num curso de jogos digitais? Arte, modelagem, animação, roteiro, programação, lógica, matemática, física, comunicação, gerenciamento de projetos e muito mais.

Produzir game é uma atividade muito completa, fazer personagens se mover pela tela e interagir com cenario é só o começo. Uma recente pesquisa americana queria saber onde estavam os 100 melhores programadores dos Estados Unidos, formados nas principais universidades americanas, a resposta foi que 70 deles estavam na indústria de games. Além de programadores, há grandes artistas nesse mercado, como o norte-americano Francisco Cortina, um mestre da modelagem.

O Brasil já possui mais de 40 millhões de usuários de videogames, sejam em consoles, como Playstation e Xbox, jogos web, mobiles e games portateis. Temos poucas produtoras de games brasileiras, ou seja, há um grande mercado para ser explorado.

Jogo brasiliero? O Brasil pode fazer bons games? Se perguntava a mesma coisa do cinema nacional há alguns anos. É hora de acabar com esse complexo de inferioridade que carregamos há longo tempo. Temos tecnologia de ponta, somos um país em desenvovimento e possuímos grandes nomes em qualquer área do pensamento humano. Será que só há vida inteligente fora do Brasil? Vamos nos valorizar e construir uma nova história.

Podemos e vamos fazer grandes jogos digitais. Eu mesmo já fiz um que teve mais de um milhão de jogadas, o Dilma Adventure. Vamos mudar a idéia de que só produtos de fora são bons. Vamos acreditar na industria nacional de videogames. A imprensa precisa colaborar, parar de falar que videogame só serve para espalhar a violência nos lares, isso é demente. Há grandes beneficios nos jogos digitais, aumento de concentração, desenvolvimento cognitivo, aumento da capacidade espacial e motora, aumento da criatividade e muito mais. Jogar videogame é saudável. O que se escreve por ai, na maioria das vezes, é causado pela falta de comprometimento de alguns jornalistas, que tem síndrome de papagaio, preferem repetir o que ouvem sem questionar. Além disso, talvez seja o medo da TV com a concorrência com os games, quanto mais se joga, menos se vê televisão.

Desejo que daqui há algum tempo meus interlocutores saibam o que se ensina num curso de jogos e também espero que entendam a piada do elefante com a imagem abaixo!