quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Crise na Samsung se agrava

A coisa não anda nada boa para a Samsung. Depois do fiasco que foi o lançamento do Galaxy Note 7, que provocou perdas na casa de US$ 2,5 bilhões no lucro trimestral da empresa, a procuradoria sul-coreana pediu essa semana que o herdeiro da companhia, Lee Jae-Yong seja preso por envolvimento no maior escândalo de corrupção do país. Por isso, parece ser cada vez mais urgente que a Samsung finalmente explique o que teria causado a explosão de celulares da linha Galaxy Note 7. O rumor é que a empresa vai apontar a bateria do aparelho como a única responsável pela falha, Ou seja, ela vai negar que o problema estava no desenho do aparelho.


0 comentários:

Postar um comentário