terça-feira, 7 de agosto de 2012

TIM derruba chamadas Infinity de propósito

Relatório da Anatel acusa a TIM de interromper de propósito chamadas feitas no plano Infinity, no qual o usuário é cobrado por ligação, e não por tempo.

A agência monitorou todas as ligações no período, em todo o Brasil, e comparou as quedas das ligações de usuários Infinity e "não Infinity".

A conclusão foi que a TIM "continua 'derrubando' de forma proposital as chamadas de usuários do plano Infinity".

O documento ainda faz um cálculo de quanto os usuários gastaram com as quedas de ligações. Em um dia a TIM "derrubou" 8,1 milhões de ligações, o que gerou faturamento extra de R$ 4,3 milhões.

2 comentários:

  1. É.. Isso vem acontecendo desde o lançamento do plano, e eu soube que a Tim já foi obrigada a ficar um tempo sem comercializar linhas em alguns lugares do Nordeste por isso.
    Algumas das principais centrais de atendimento da empresa ficam aqui em BH, pelo contact center da A&C, e funcionários dizem que há um setor específico para "cuidar desse assunto", fazendo com que pessoas que costumam ter chamadas longas demais passem a ter quedas de chamadas na programação da sua linha.
    Um amigo esteve morando conosco por 3 meses aqui em casa, falava diariamente com a família em PE, sendo que para cada chamada de 40 min ou 1h, ele gastava, em média, 6 ou mais ligações, porque o sinal caía a cada 5 ou 7 min após os primeiros 15 min de conversa.. Observamos isso durante todos os meses em que ele ficou aqui.
    É uma puta sacanagem com os clientes! Devia perder o direito de comercialização em definitivo no país!
    ;)

    ResponderExcluir
  2. Pois é Emmy, acho que alguma atitude deve ser tomada, com rigor, isso é no mínimo, propaganda enganosa.

    ResponderExcluir