segunda-feira, 25 de julho de 2011

PT junto com a cultura de games vira referência mundial




Misturar videogame com política é possível. E o Brasil é um dos pioneiros. Foi durante a campanha de Dilma Rousseff à Presidência da República, em 2010, que os amantes do games tiveram a oportunidade de assistir a criação do primeiro vídeo game brasileiro que misturava diversão com marketing político.

O jogo "Dilma Adventure" foi criado por Alex Leal, de Brasília, que ficou surpreso com a ótima receptividade do game pelos usuários. Segundo ele, os acessos atingiram o número de um milhão e meio. Alem disso, a iniciativa foi muito comentada nas redes sociais. "Nesse período do lançamento do Dilma Adventure nós tivemos um grande número de comentários no twitter, facebook, as pessoas falaram muito do jogo. Virou o grande comentário na época na internet", afirma. Leal foi convidado para projetos especiais pela mundial Microsoft Company

Alex Leal contou também ao Portal do PT que, na época do episódio da bolinha de papel que teria sido arremessada contra o adversário tucano, e que se tornou a grande piada da campanha eleitoral na internet, em apenas um dia o game foi alterado para também introduzir essa nova "arma" para Dilma.

"A partir de um game bem elaborado, pois num jogo você pode introduzir cultura, educação, quer dizer, você pode criar muitas coisas positivas e é uma forma de aproximar a juventude da política. Os jogos brasileiros têm que ter a característica brasileira, que é o humor, nós brasileiros temos essa coisa do humor, e é legal você ver as pessoas rindo e comentando", enfatizou.

Sobre o impacto da iniciativa no resultado das eleições presidenciais, Leal acredita que o jogo pode ter dado uma força para a vitória de Dilma. "O próprio partido nos parabenizou e disse que o jogo ajudou bastante na campanha".

O jogo Dilma Adventure ainda está no ar e pode ser acessado no www.gmfgames.com
Redação:Ricardo Weg
Edição:Uiara Lopes

0 comentários:

Postar um comentário